Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável
  • Ativos Ambientais
    Projetos e estudos para o desenvolvimento sustentável por meio do uso consciente dos recursos naturais.
  • Agricultura Sustentável
    Projetos e interface entre diferentes atores para a criação de uma agricultura confiável e sustentável.
  • Sustentabilidade Urbana
    Projetos que buscam equacionar a sustentabilidade dos grandes centros urbanos no médio e longo prazos.

Notícias

Israel Klabin lançou seu livro 'A urgência do presente, biografia da crise ambiental'

Lançamento do livro:
Rio de Janeiro: 
Livraria da Travessa - Leblon - 27 de setembro de 2011
São Paulo:  Livraria Cultura - Conjunto Nacional - 19 de outubro de 2011

"Até hoje não se estabeleceu a relação de valor para o capital natural, o garantidor da vida e da presença produtiva e inteligente do homem sobre a Terra." 

A urgência do presente é livro multidisciplinar, assim como o seu autor.

Israel Klabin optou em deixar a gestão empresarial bem sucedida para indagar o que estava além da curva da estrada, bem antes do tema ambiental tomar as páginas de interesse da humanidade. "Ganhou o ambientalismo um exemplar lutador", na definição de Fernando Henrique Cardoso, autor do entusiasmado prefácio.

"A Urgência do Presente surpreende por vários e bons motivos. Suas linhas são bem escritas, prazerosas à leitura", nos informa Fernando Henrique.

Nesse seu livro, Israel foi movido por três eixos estruturais que hoje estão na berlinda:  o meio ambiente, o modelo econômico e o modelo político.  Cruza temas diversos e sempre provocadores, sem perder seu ponto central: o ambientalismo e a possibilidade de um desenvolvimento realmente sustentável, livre de nouveaurichismos que costumam fazer sombra ao tema.

Israel Klabin optou, não em fazer sua biografia, mas a biografia  da crise ambiental,  porque "vivemos uma transição definidora", nas palavras do autor.

Israel põe o dedo na ferida dos interesses velados ao indicar falhas no modelo econômico e político que têm levado à degradação do meio-ambiente, bem como nas necessidades da crise do modelo econômico.

Assume riscos, mas com a confiança e experiência de um conhecedor profundo do tema e de suas complexidades.  Filosofia política,  economia, olhar em perspectiva e - por que não? poesia --  são algumas das ferramentas manejadas por Israel Klabin em sua narrativa, que ressalta momentos-chave da história do século XX, vividas por ele e indica os dilemas que se apresentam no atual século.

"O tempo presente grita cada vez com mais urgência. É preciso entender melhor o funcionamento da nossa pequena Casa e rearrumá-la. Há uma inadequação de poderes nacionais para administrar problemas globais, tais como os ambientais. O futuro da civilização depende fundamentalmente das escolhas que fizermos para lidar com a questão energética. Mudança climática não é causa e sim efeito de um sistema aberto no qual o modelo econômico tem peso preponderante."

Estas são algumas afirmações retiradas de A urgência do presente, que ainda reproduz diálogos entre Israel Klabin e Maurice Strong, ambientalista pioneiro e articulador da Rio-92 e com James Wolfensohn, ex-presidente do Banco Mundial.

Estes elementos formam o perfil visionário do autor, que compreendeu que o caráter da sustentabilidade envolve também questões éticas e de auto-estima de uma sociedade.

Otimista sobre o futuro, Klabin acredita que toda crise gera novas possibilidades e que a atual pode ser altamente produtiva para a construção de um mundo mais inteligente, balizado em "uma integração equilibrada entre sociedade, economia e natureza, possibilitando a permanência dos ecossistemas e a geração de riqueza para todos."

Segundo o autor, "se não o fizermos nesta década, o mundo que teremos em 2020 já estará extremamente problemático, e em 2050 poderemos ter uma Terra completamente diferente da que conhecemos hoje. As decisões estruturais de agora terão seu efeito medido nos próximos tempos."

Para ler, refletir e agir.

Israel Klabin preside há 20 anos a FBDS ( Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável), criada logo após a Conferência do Rio, em 1992, ano seminal na história da humanidade  e também momento definidor de sua biografia.

Cursou engenharia;  aos trinta anos, assumiu a responsabilidade de 25 mil empregados das empresas Klabin, completou sua formação na prestigiosa  Sciences Po, o Institut d'Études Politiques de Paris. Vinte anos depois da Rio-92, uma nova missão foi concedida ao autor: ajudar na formatação de um dos projetos de conteúdo para a Rio+20, Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável que acontecerá no Rio de Janeiro em 2012.
 

Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável
Rua Engenheiro Álvaro Niemeyer, 76
CEP 22610-180
Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel. +55 (21) 3322-4520
Fax +55 (21) 3322-5903
fbds@fbds.org.br

webTexto é um sistema online da Calepino