Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável
  • Ativos Ambientais
    Projetos e estudos para o desenvolvimento sustentável por meio do uso consciente dos recursos naturais.
  • Agricultura Sustentável
    Projetos e interface entre diferentes atores para a criação de uma agricultura confiável e sustentável.
  • Sustentabilidade Urbana
    Projetos que buscam equacionar a sustentabilidade dos grandes centros urbanos no médio e longo prazos.

Gestão Territorial

CSN - Gestão Territorial do Médio Paraíba do Sul

O Projeto
O projeto foi criado com o objetivo de elaborar um modelo de gestão ambiental integrada para a região do médio rio Paraíba, abrangendo os municípios de Volta Redonda, Barra do Piraí, Piraí, Barra Mansa, Pinheiral, Quatis e Porto Real. A FBDS desenvolveu uma série de estudos e levantamentos para disponibilizar informações georreferenciadas e alfanuméricas sobre a região, através de software específico, que permite acesso, manipulação, atualização e análise rápida e eficiente de dados espaciais.

Proposta
Foi o primeiro e mais importante passo no sentido de definir com maior eficácia um novo patamar de negociações e entendimentos entre a CSN, o poder público e a sociedade civil em geral. A base de informações construída teve, assim, um caráter estratégico, de gerenciamento e monitoramento em escala local e regional, dando suporte a programas e planos voltados ao desenvolvimento sustentável e integrado.

Procurou-se atender a duas grandes demandas: a das empresas, que necessitam ter conhecimento da sua real inserção nesta área da bacia do Paraíba do Sul, e a dos municípios associados, que objetivam a tomada de decisão no âmbito do seu espaço político-administrativo.

Geralmente, quando uma nova empresa se dispõe a implantar ou expandir suas atividades em determinada região, recebe uma série de facilidades do poder público local, visando ao desenvolvimento econômico, através do aumento de circulação de capital e da geração de empregos.

Mais tarde, a sociedade como um todo sente os problemas causados pela ocupação mal planejada: crescimento urbano desordenado, falta de infraestrutura e poluição, entre outros. Cria-se, então, um ciclo vicioso, onde os conflitos acabam gerando ações de responsabilidade sem o real conhecimento de sua autoria.

Passos do Projeto
Foram gerados mapas na escala de 1:50.000 consubstanciando levantamentos para as as seguintes categorias de informações do software Sistemas de Informações Geográficas (SIG): sistema viário, hipsografia, localidades, limites, obras e edificações, hidrografia, vegetação, uso da terra, fontes de poluição, morfodinâmica, corpos geológicos, demografia e atividades produtivas.

Histórico
A bacia do Paraíba do Sul, do ponto de vista estritamente fisiográfico, tem pouca representatividade em termos nacionais, mas do ponto de vista econômico corresponde a uma das zonas mais industrializadas do Brasil. Neste contexto, o Médio Vale do Paraíba do Sul significa um dos principais eixos de crescimento do Estado do Rio de Janeiro.

Sua posição estratégica e a facilidade de comunicação com as duas grandes metrópoles nacionais - Rio de Janeiro e São Paulo - contribuíram para o direcionamento de investimentos para a região. A superfície da bacia abrange cerca de 57 mil km2, representando 0,7% do território nacional, e 6% da região sudeste, estendendo-se pelos estados do Rio de Janeiro (22.600km2), Minas Gerais (20.900 km2) e São Paulo (13.500 km2).

Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável
Rua Engenheiro Álvaro Niemeyer, 76
CEP 22610-180
Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Tel. +55 (21) 3322-4520
Fax +55 (21) 3322-5903
fbds@fbds.org.br

webTexto é um sistema online da Calepino